Abordagem real do problema

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Abordagem real do problema

Mensagem  new em Qui Ago 14, 2014 10:11 am

Ontem li esse tópico aqui, e ele me fez pensar MUITO sobre como estou lidando com o reboot.

O tópico é este: http://www.yourbrainrebalanced.com/index.php?topic=15558.0

Inclusive, quero traduzi-lo (não sou muito bom no inglês, mas acredito que google translate + alguma revisão de texto seja suficiente) e espalhá-lo em comunidades e blogs que tratam do assunto.

Resumidamente, muitas das pessoas que falham no reboot falham por terem uma abordagem errada sobre o reboot. Me faz lembrar o Admin (não sei se ele ainda posta aqui) que expressava descontentamento com a vida e uma profunda falta de fé em si próprio, traços de depressão, raiva etc. Acontece o seguinte: somos viciados em pornografia; mas porquê? A pornografia não é a causa da nossa vida estar indo de mal a pior, a pornografia é um sintoma da vida que já está horrível.

Quando experimentamos pornografia, vemos nela uma fonte de prazer. Essa fonte de prazer termina por virar nosso refúgio de uma vida problemática e vazia, e é isso que nos torna viciados. A gana de experimentar uma montanha-russa de emoções, que vão de prazer intenso até depressão e arrependimento, do que não sentir nada.

A partir de hoje parei de encarar o nofap como uma simples questão de quanto tempo fico sem PMO. Eu vou parar de olhar meu contador todo dia e focar no que realmente importa: a mudança da minha vida para melhor, e tornar o reboot uma consequência dessa mudança. Eu já estava fazendo isso de alguma forma, mas agora quero focar 100% da minha atenção na realização das minhas metas de vida. Pensem bem, 90 dias é simbólico, você nunca mais vai ter estímulo artificial na sua vida inteira, logo, 90 dias deixa de pesar tanto assim e te deixa menos neurótico. E outra, quando você recai você parte para farra pornô, afinal "bom, vou reinicializar o contador amanhã mesmo, então bora assistir pornô", e isso se repete semana após semana.

Eu sou outra pessoa comparado ao new de um ano atrás. Melhorei muito em relação à família. Larguei os vícios, comecei a cuidar da saúde e passei a praticar esportes. Agora preciso focar nas minhas metas de vida.

Recomendo o texto a todos, principalmente aos que estão com dificuldades no reboot. Sério, leiam o texto. Se tiver tempo no final de semana eu traduzo e posto aqui.

Boa sorte a todos!
avatar
new

Mensagens : 201
Reputação : 22
Data de inscrição : 07/07/2014
Idade : 29
Localização : são Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Abordagem real do problema

Mensagem  tgm em Dom Ago 17, 2014 7:55 pm

Muito boa essa dica. Esse texto explicita bem o que se passa em minha cabeça esses dias. A quebra do ciclo PMO me fez pensar numa nova abordagem do sexo em minha vida e quão superficial o sexo pode ser. O ato de gozar apenas apenas para te satisfazer se torna fútil. Existe uma banalização do gozo, do orgasmo e devemos ir em busca desse novo sexo. Dessa nova sexualidade. Essa preservação do sexo que soa tão careta hoje dia se torna uma regra para nós que acordamos dessa ilusão. Minha vida tem mudado bastante depois que descobri os amigos do fórum e passei a ter contato com esse assunto mais de perto. Muito obrigado pela dica. Namastê!
avatar
tgm

Mensagens : 54
Reputação : 8
Data de inscrição : 01/08/2014
Idade : 33
Localização : Belo Horizonte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum