RELATO CHARLIE

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

RELATO CHARLIE

Mensagem  Charlie2014 em Ter Jun 03, 2014 6:36 pm

Prezados amigos de Jornada, boa noite. Confesso que estou muito feliz em ter encontrado esse Fórum. Precisamos muitas vezes chegar ao fundo do poço para pedir ajuda para sair dele. Esse vício é horrível, degradante, perdemos a noção muitas vezes do certo e do errado.
Bem, como a maioria dos relatos que tenho observado, a maiorias se iniciou neste vício desde bem novos. E comigo não foi diferente. Para iniciar, hoje tenho 42 anos e sou casado. Antigamente a pornografia só vinha mediante revistas. Depois veio as fitas de VHS, CDS e a bomba da internet. Comecei vendo as revistas que meu pai comprava que era playboy, Private, etc. A primeira vez que vi isso eu tinha uns 10 anos. Lá em casa não me foi proibido o acesso. Sempre me tocava. Mas gozar mesmo acredito que foi aos 13 anos. Gostava além de ver as fotos nas revistas, os relatos sexuais dos leitores, fóruns etc. Tive minha primeira experiência sexual acho que com uns 15 anos, pagando.
Aos 16 anos mais ou menos, conheci um serviço, que acho que muitos não sabem por serem novos demais de disque amizade, discava-se o número 145 e caia a ligação numa linha cruzada, a gente conversava e depois poderíamos dar o telefone ou ligar para alguém da linha. E nessa descobri o sexo por telefone e adorava. Era uma pornografia viva e sem riscos. Gozava, conversava, fantasiava as coisas mais diferentes e depois desligava. Não notava, mas isso durou por anos e me afastava da vida real. Namorava mas os relacionamentos não duravam por que a minha satisfação estava no sexofone. Acreditem, isso durou por anos. Quase todo dia entrava no 145. A conta de telefone aumentava mas sempre entrava no quarto sozinho depois das 22 horas. Ficava a noite quase toda, até arranjar alguém disposto a gozar comigo. Não me importava se eram menores, casadas, divorciadas etc. Eu queria era gozar com elas no telefone. Talvez esteja mudando um pouco o foco da pornografia, mas ela nunca me deixou de lado uma vez que sempre assistia vídeos para poder fantasiar melhor pelo telefone. Por volta de 1996 conheci o Mirc. Para quem não conhece é um programa de chat, até hoje funciona, mas com bem menos popularidade. Na época, era uma inovação, tinha diversas salas, mas eu sempre entrava nas de sexo, recebia e trocava fotos e claro falava em particular com alguém e nessas conversas me viciei em fazer sexo virtual. Algumas vezes até trocava telefone. Era mais ou menos o que acontecia no 145, que disse antes. E nisso sou viciado até hoje. Não mais no 145, que não existe ou no mirc, mas nas salas de sexo do bate papo UOL o outros chats. Quero muito me livrar disso. Sou casado, não tenho filhos ainda, mas minhas relações não são tão boas quanto as minhas masturbações com sexo virtual.Passei um tempo com DE que jamais atribuía a pornografia e vicio dos chats, tomei remédios e nunca mais brochei, mas minhas relações com minha esposa demoram muito para acontecer. Quase 15 dias e às vezes até um mês. Como me masturbo muito e todos os dias, não tenho vontade com minha mulher. E como todos sabem nossos desejos por algo mais pesado vai aumentado. Coisas que nunca admiti passaram a ser toleráveis nas minhas fantasias. Passei a admirar vídeos e conversas com pessoas que praticam Zoofilia, Scat, Fisting, Piss, BdsM , até incesto e coisas proibidas. Tudo isso devido a algumas salas do bate papo UOL onde essas coisas fazem parte das conversas como algo natural. Não vou citar as salas para não estimular os amigos que estão buscando sair dessa lama.
Entendendo que tenho que dar um basta nisso, sob pena de perder o que tenho de mais sagrado que é meu casamento, busquei na internet saber se tinha algum grupo que tenha o mesmo problema e achei este. Desde ontem não entrei no chat ou vi vídeo. Confesso que o chat é tão pernicioso quanto os vídeos, Talvez até mais porque você se liga mentalmente a um viciado(a) igual a você e com as mesmas fantasias. Deletei um skype que fiz para ter esses contatos e espero conseguir me libertar disso. Espero contar com a amizade de vocês e como disse o amigo Tupã é um dia de cada vez. Confesso que estou louco para entrar no chat o ver um vídeo , mas vou tentar me manter limpo mais um dia. Quem sabe um dia, eu possa entrar no chat e tentar trazer mais gente para o grupo para reabilitação. Hoje não tenho condições para isso. Se eu entrar, vou cair. Forte Abraço. Charlie

Charlie2014

Mensagens : 14
Reputação : 4
Data de inscrição : 03/06/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RELATO CHARLIE

Mensagem  Alex-RJ em Ter Jun 03, 2014 10:08 pm

Charlie,
Bem vindo ao fórum. Espero que você possa encontrar forças para trabalhar esse vicio.
Uma coisa que me chamou atenção no seu relato é a sua idade. Temos quase a mesma idade e a mesma historia. Playboy do pai, VHS, Sex fone, Internet, Vídeos em HD, Chat, Cam...

Esse vicio é assim... sempre o que vc costuma usar, vai perdendo o poder, e o vicio pede mais. E com isso vc vai virando um zumbi. Só que você só percebe isso quando está querendo sair do vicio e olhando pra trás... e vendo como você se comportava.

Outra coisa bem parecida é a questão dos relacionamentos. Eu casei, mas me separei com 3 anos de casado (isso tem 15 anos atrás) desde então, não consigo ter relacionamento fixo. Namorava... depois de 2 anos, já queria sair fora. Não achava mais graça no relacionamento. Na quarta namorada, vi que alguma coisa estava errada... e o que estava errado não eram as mulheres que eu namorava. e sim eu!!
Podia arrumar qualquer mulher que ela não ia ser melhor que a pornografia. Foi por isso que resolvi dar um basta nisso. E estou lutando desde então.

Recomendo vc ler o livro sobre como se livrar da pornografia.
http://vicioempornografiacomoparar.files.wordpress.com/2014/03/vicio-em-pornografia-como-parar.pdf

abs
avatar
Alex-RJ

Mensagens : 150
Reputação : 35
Data de inscrição : 06/03/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RELATO CHARLIE

Mensagem  Magrao em Qua Jun 04, 2014 12:02 am

Bem-vindo, Charlie.

Para começar. Em nenhum momento você fugiu do assunto pornografia.

Chat da uol, disk sexo, conversas ou vídeo pelo skype, vídeos, fotos, chat do mIRC, contos eróticos. Tudo isso é pornografia.

O vício em pornografia é um vício em fantasias (essa informação foi essencial para eu chegar aos 90 dias sem PMO).

Em todos esses elementos supra-citados há a fantasia por trás deles. Mesmo o vídeo, é algo que vai introjetar na sua mente um monte de fantasias. E o disk sexo, que você não visualiza nada, é o fantasiar puro.

Pornografia é fantasia externa que você ainda não internalizou (mas vai internalizar). Fantasia é pornografia já internalizada pelo seu cérebro.

Portanto, nós, viciados em pornografia, somos viciados em fantasias.

Mas há um outro conceito importante. O vício em pornografia é também um vício em novidades.

Certamente você já se pegou em busca do vídeo perfeito, da foto perfeita, da parceira do disk sexo que fantasie a perversão perfeita... E nessa lógica de busca de novidades, acabamos indo para coisas mais pesadas, pois logo aquela porn star que no início nos dava tesão, já não dá mais barato nenhum. E aí vamos mudando os estilos de pornôs, cada vez mais pesados. Tipo um usuário de cocaína que precisa cheirar mais para conseguir o mesmo "barato" que conseguia antigamente.

E aí, em busca de novidades, você começa a chegar nos pornôs que ferem a sua moral. E quanto mais eles ferem a moral, mais viciantes são, pois mais dopamina liberam no cérebro.

Enfim, escrevi tudo isso para tentar mostrar que você está no lugar certo. Tudo que você citou, dos vídeos ao disksexo, isso tudo é fantasia, e portanto é pornografia. Saber o que se tem é o primeiro passo para se libertar. Hoje completo 100 dias sem pornografia. Em breve completarei 100 dias sem masturbação e orgasmo. Graças a Deus estou me livrando da prisão das fantasias perversas que feriam minha moral. Agora já consigo me imaginar levando um relacionamento normal. O vício em pornografia de fato degrada moralmente a pessoa.

_________________

avatar
Magrao

Mensagens : 328
Reputação : 62
Data de inscrição : 02/03/2014

Ver perfil do usuário http://www.vivasempornografia.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Obrigado

Mensagem  Charlie2014 em Qua Jun 04, 2014 7:35 am


Agradeço imensamente as palavras dos amigos. Hoje percebo o quanto isso tem sido ruim. Recordo-me que uns tempos atrás me masturbava até no trabalho acessando o chat e fantasiando, onde poderia até ser pego por alguém e me prejudicar no trabalho. Observo também quanto tempo perdido, onde poderia está estudando, lendo algo produtivo.

Hoje quero que isso fique no passado para sempre. Faz mais de 24 horas que não entro no Uol ou vejo vídeo. Também desinstalei o meu skype. O mais incrível do vicio é quem sempre pensamos que temos capacidade de sair dele sozinho e a qualquer tempo podemos parar. Por isso estou certo que compartilhando isso com vocês sairemos todos vencedores. Forte abraço a todos. Charlie

Charlie2014

Mensagens : 14
Reputação : 4
Data de inscrição : 03/06/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: RELATO CHARLIE

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum