Relato Admin

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Relato Admin

Mensagem  Admin em Dom Mar 02, 2014 9:58 pm

Comecei a me masturbar entre os 12 e 13 anos, ou até menos confesso que não me lembro direito, lembro que meu irmão ficava assistindo o cine privet da band e como eu ainda era muito novo nem tinha curiosidade pra assistir aquilo porem certo dia estava sem sono e pra infelicidade do meu irmão eu fui assistir também, fiquei meio impressionado com as imagens, lembro que fiquei dias com uma cena na cabeça, acho que por isso que tem aquelas censuras de idades em certos filmes porque dependendo do conteúdo pode realmente causar algo em crianças por exemplo, por algum motivo a cena que eu vi não saia da minha cabeça e eu comentei até com minha mãe sobre aquilo, outro dia novamente pra infelicidade do meu irmão decidi assistir novamente, acho que minha cabeça se acostumou com aquilo então fiquei mais tranquilo e fiquei extremamente excitado dessa vez, continuei assistindo o filme até o fim com muito tesão, o filme acabou e fui dormir porem não conseguia por nada nesse mundo perder a ereção, não sabia o que estava acontecendo comigo pois era a primeira vez que fiquei excitado, sempre fui muito reservado então não conversava com a mulecada da escola sobre essas coisas, estava deitado de bruço e percebi que conforme eu me esfregava na cama eu ficava cada vez mais excitado e acabei indo para o banheiro, fiz o movimento padrão da masturbação bem lentamente e senti uma sensação que nunca havia sentido antes, era aquela sensação de quando você esta prestes a gozar, quando me dava essa sensação eu parava porque ela me incomodava um pouco até que chego a hora que eu não consegui mais segurar e dei a gozada mais inesquecível da minha vida, eu lembro que até lacrimejei, foi bom demais e no outro dia eu tentei de novo, conforme o tempo foi passando eu não gozava tão gostoso quanto a primeira vez mas eu queria sentir aquilo novamente, acabei me viciando em masturbação, me masturbava pelo menos 4 vezes por dia, via o pessoal comentando na escola que se masturbavam uma vez por semana e ainda se sentiam cansados, eu achava eles um bando de fracotes porque eu conseguia várias por dia e estava cheio de energia.

Isso durou até meus 16 a 17 anos, foi quando coloquei minha primeira banda larga, não demorou muito pra eu começar a ver fotos de mulheres nuas, era uma delícia, nesses tempos eu ficava bastante tempo sozinho em casa então eram mais de 10 por dia, certo dia abriu um link do nada quando acessei um site porno com um site de vídeos pornos, percebi que os vídeos me deixavam mais excitado que as fotos e ai a coisa desandou de vez, as fotos foram perdendo a graça e eram só vídeos que eu via, com o tempo as atrizes que eu gostava foram perdendo a graça, meu padrão de mulher foi mudando, comecei a criar novos gostos, buscava sempre novidade pra me manter excitado, com o tempo percebi que vídeos que tinha por exemplo só mulher fazendo strip não me excitavam mais, eu precisava de algo mais forte que isso, é como uma droga qualquer com o tempo vai ficando fraca e você quer a todo custo manter o prazer nas alturas.

E assim foi até minha ultima recaída, acho que já vi todos os tipos de pornografia existentes e gosto de 90% delas, mas tem um preço caro esse prazer, acredito que tudo de ruim que aconteceu na minha vida foi devido a essa pornografia e masturbação compulsiva, até hoje sou virgem, não tinha vontade de sair com mulheres pois eram extremamente tímido e estava na zona de conforto do vício, enquanto os outros caras foram pras baladas e aprenderam a xavecar mulheres eu fiquei em casa vendo pornografia e jogando no computador (que também foi um vício maldito que foi difícil de vencer), posso afirmar que os sintomas que me recordo agora da pornografia e masturbação compulsiva são: falta de concentração, isolamento social, depressão, pensamentos suicidas, agressividade, perda de memória a curto prazo (chegou um ponto que eu nem me lembrava quais vídeos tinha acabado de ver), disfunção erétil, esgotamento sexual, falta de animo, cansaço, pessimismo extremo.

Eu nunca associei isso a pornografia, achava que era por causa da academia ou da faculdade, ou do cursinho nos tempos do cursinho, eu passei tanto tempo com esses sintomas que praticamente eu assumi essa personalidade, achei que era da minha pessoa ser naturalmente um cara sem animo pra nada, sem motivação, sem vontade de falar com ninguém.

Antes da minha última recaída eu praticamente cheguei ao fundo do poço e fiz um desabafo na internet, segue abaixo:

"Pensei muito antes de fazer esse topico pq isso nao é novidade pra ninguem aqui, decidi criar pq assim ocupo minha mente em algo nos proximos 5 minutos, acho q agora realmente estou deprimido, não fui diagnosticado mas estou com todos os sinais bem fortes, andei lendo na internet os sinais e os q mais me identifico sao:

Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia
Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas
Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis
Desinteresse, falta de motivação e apatia
Falta de vontade
Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio
Pessimismo, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa autoestima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade,ruína, fracasso, doença ou morte.
Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom "cinzento" para si, os outros e o seu mundo
Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento
Perda ou aumento do apetite e do peso
Insônia (dificuldade de conciliar o sono, múltiplos despertares ou sensação de sono muito superficial), despertar matinal precoce (geralmente duas horas antes do horário habitual) ou, menos frequentemente, aumento do sono (dorme demais e mesmo assim fica com sono a maior parte do tempo)
Coloquei em negrito os que sinto com mais intensidade, em outra lista vi "Indiferença" e tbm estou sentindo muito isso, nao ligo pra mais nada, principalmente quando alguem vem conversar comigo, esses dias meu irmao veio me contar que ele descobriu como fazer nao sei oq no linux, nao sei dizer direito oq ele me contou pq perdi a concentração umas 20 vezes durante o relato dele e na maior parte do tempo eu pensava "foda-se", definitivamente nao me importo com mais nada.

Ja me senti mal antes mas nao como em sinto hj, hj sinto q parei d viver, nao tenho força pra mais nada, fiquei duas horas pra fazer uma lição de ingles q costumava fazer em 20 minutos antes, desses sintomas oq mais me impressionou foi "tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom "cinzento" para si, os outros e o seu mundo" eu ja estava com esse termo "tom cinzento" na cabeça antes msm de ver essa lista, os dias parecem cinza pra mim, as coisas perderam o brilho, parece q existe uma nevoa cinza no mundo e tudo é completamente sem graça, sem vida.

Não vou passar em medico, psicologo, psiquiatra ou nada q possa me ajudar, nao acredito q ninguem possa me ajudar, nao quero depender de remedios pra mascarar a dor q eu sinto, sou um cara orgulhoso e isso pode ser ruim em varios momentos na minha vida, mas o orgulho q me impede de fazer coisas q talvez me ajudassem é o mesmo orgulho q impede q eu desista de viver, so vejo tres alternativas pra mim, ou a depressao me mata, ou eu continuo me arrastando pro resto da vida ou eu me torno mais forte e supero isso, caso eu morra em depressao e exista vida apos a morte ninguem podera dizer q eu desisti pq se eu morri foi por meu corpo nao ter aguentado, pq a minha mente resistiu ate o fim.

O relato é grande, tenho muito a dizer mas cansei de escrever, tbm nao me importo se ninguem ler isso por ter ficado grande, o q importa nesse momento é q mantive minha mente ocupada durante esses minutos."



As coisas estão melhorando agora que decidi parar, confesso também que não queria parar de ver pornografia, acho bom demais, pra mim nada nesse mundo supera o prazer que sinto quando me masturbo e a sensação de gozar, é uma delícia, mas isso está impactando negativamente em minha vida e tenho que acabar com isso, vou relatando no meu diário como as coisas estão acontecendo. Se eu me lembrar de mais alguma coisa eu volto a postar aqui.

_________________
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 111
Reputação : 19
Data de inscrição : 24/02/2014

Ver perfil do usuário http://apoio.forumais.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato Admin

Mensagem  Vigilante28 em Dom Jun 15, 2014 8:32 am

Interessante, pois comecei com o Cine Privet também, eu me lembro que eu revezava indiretamente com o meu irmão (um sabado era dele e o o outro seria meu), mas as vezes o premio era pra quem aguentasse ficar mais tempo acordado, o que aguentasse mais assistindo aqueles programas de merda de sabado anoite (tipo Altas Horas da Globo, ou um filme qualquer dos outros canais) ganhava o premio: uma noite na sala sozinho com a TV a seu dispor para assistir filmes soft eróticos.

avatar
Vigilante28

Mensagens : 9
Reputação : 2
Data de inscrição : 14/06/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato Admin

Mensagem  silvass em Dom Jun 15, 2014 10:12 am

Isso me faz lembrar o começo da minha vida sexual também. Lá pelos meus 11, 12 anos não perdia o Cine Privet por nada, chegando até a interferir na minha vida escolar, pois passava todos os dias, não só de sábado. Eu lembro que em paralelo tinha umas playboys velhas da década de 80 que eu levava para o banheiro mas só olhava, ficava olhando com uma ereção monstra (hoje essas mesmas não me dao nem cosquinha) mas não me masturbava pois eu nem sabia que isso existia. Engraçado que eu sempre gostei de lesbicas (antes do porno mesmo, eu ficava fantasiando com as minas da minha sala delas transando entre si) e tinha um filme em especial no Cine Privet que eu gostava muito e tinha varias cenas lesbicas. Eu lembro que subia um calor no meu corpo, uma excitação muito grande que a muito tempo eu não sinto quando via essas cenas. Eu lembro que a primeira vez que eu gozei eu esta vendo um filme do cine privet e comecei a simular sexo com meu travesseiro, mas sem a intenção de gozar pois eu nem sabia que isso iria acontecer. Quando veio a sensação eu tomei um susto muito grande pois foi uma gozada muito forte. Depois de uns dias eu tentei repetir agora com as mãos, agora sim, para repetir aquela sensação estranha. Gozei. Foi assim que aprendi a me masturbar e não parei mais. Agora eu via o Cine Privet e as playboys velhas apenas com um objetivo: gozar. Lembro que o primeiro contato com a pornografia com a internet foi na casa de minha vó e eu esperava ficar sozinho lá para consumir fotos de playboys que eu não tinha dinheiro para comprar e lógico dar aquela gozada gostosa. Isso foi no ensino médio. Como eu era muito timido e nao pegava ninguem, tinha que me satisfazer na masturbação e continuava a fantasiar com as meninas da minha sala transando comigo e entre si. Lembro que tinha muita libido (bons tempos). Um dia tive curiosidade de ver cenas de sexo explicito, nunca tinha visto. Lembro que minha primeira impressão foi de nojo, eu fechei a pagina hora e desliguei o micro. Aos poucos fui me acostumando e com o advento da banda larga passei a consumir videos e mais videos cada vez mais pesados (gays, zoofilia, incesto etc) e virei u broxa de marca maior. Não tenho mais libido, playboy nao me causa mais nem cosquinha, não consigo transar pois perco a ereção no meio do sexo, só gozo com fantasias; pago prostitutas de luxo gostosissimas para broxar com elas tambem; saio com massagistas gays e broxo de nojo. Essa é a minha situação atual e o que me fez cair nesse forum. Estou a 40 dias sem PM, O uma vez com sexo real sem fantasiar. E vamos que vamos!

silvass

Mensagens : 44
Reputação : 5
Data de inscrição : 18/05/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato Admin

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum