Apresentação / Breve relato

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Apresentação / Breve relato

Mensagem  ninguém em Ter Abr 28, 2015 9:15 pm

.


Última edição por ninguém em Qui Maio 07, 2015 11:37 am, editado 2 vez(es)

ninguém

Mensagens : 9
Reputação : 1
Data de inscrição : 28/04/2015
Localização : DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação / Breve relato

Mensagem  A Namorada [INATIVO] em Ter Abr 28, 2015 9:49 pm

Ei luhps,

Que maravilhoso encontrar uma outra mulher aqui. Passei por praticamente a mesma situação. No inicio do namoro percebia que quando nos beijávamos, o meu namorado não tinha ereções, ou se tinha, mal dava para sentir. Estranhei pq nos meus outros relacionamentos as ereções eram bem evidentes nesses amassos. Mas como vc, achei que era tímido, ou que se controlava de alguma forma.

Assim como o seu namorado, o meu tb usava remédios para fazer sexo comigo. Quando descobri tb me senti enganada. Fiquei bem magoada e minha auto estima desde então havia caído muito, afinal, que tipo de mulher eu era que não conseguia despertar tesão no meu próprio namorado. Mas resolvi encarar o problema e tentar ajuda-lo. Só que ele me escondeu o vício em pornografia, há 3 semanas eu descobri e por isso hj estamos em crise. Vc tem uma vantagem ENORME sobre mim, descobriu que o problema é a pornografia cedo. Eu só descobri depois de quase 4 anos de namoro No  e muitos traumas. Eu poderia n ter passado por isso se tivesse tido conhecimento no início do namoro como vc. Estou tentando dar uma chance para nós dois, o que tem sido bem difícil, ainda estou lidando com meus sentimentos e tentando avaliar se vale mesmo a pena. Ele já começou o reboot e está completando 10 dias, tem levado a sério. Já mudou muito o seu comportamento, está mais disposto, carinhoso e atencioso. Por estar magoada, ainda não consigo beija-lo e nem tivemos relações desde então. Mas no último fim de semana dormimos abraçados. Ele é uma pessoa ótima apesar de tudo.

Tb sou novata aki, mas de qualquer modo, seja bem vinda!
Acho que podemos aprender muito trocando experiências


Última edição por A namorada em Qua Abr 29, 2015 5:41 am, editado 1 vez(es)
avatar
A Namorada [INATIVO]

Mensagens : 43
Reputação : 2
Data de inscrição : 19/04/2015
Localização : BH

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação / Breve relato

Mensagem  ninguém em Ter Abr 28, 2015 10:26 pm

A Namorada,

Nossa, também fiquei empolgada ao encontrar outra mulher neste fórum! =)
Aliás, me encorajei a cadastrar-me por sua causa! rsrsrs
Fico feliz que seu namorado esteja levando a sério, desejo toda a força do mundo pra vocês! Espero que superem juntos esse problema e sejam felizes...

Também me sinto como você relatou na sua apresentação, apesar de ser atraente e não ter histórico de problemas referentes a sexo e conseguir parceiros, tenho lá minhas inseguranças (que acentuaram-se depois que meu namorado me contou sobre a masturbação, a pornografia e o remédio) - isso foi há poucos dias.

Hoje mesmo, fiquei a maior parte do dia deitada na cama, sem vontade de fazer coisa alguma. Não comi, não tirei o pijama, chorei algumas vezes, fiquei só no celular lendo e pesquisando sobre o vício em pornografia, sobre o reboot, e quanto mais eu pesquisava, mais deprê eu ia ficando, confusa, insegura, com medo... É meio desesperador saber que teu namorado tem esse problema e sofre por causa disso, a última coisa que quero é vê-lo sofrer.

No meio desse emaranhado de sentimentos, entram minhas inseguranças e traumas também, de relacionamentos passados. Me questionei se valia à pena (mas agora estou um pouco mais segura a respeito disso). Conversei com meu namorado no final da tarde. Disse pra ele que eu tava muito triste, e conversamos a respeito disso. Isso me deixou mais aliviada, ele tá disposto a corrigir isso e tem todo o meu apoio, mas pra isso, ele deve ser TOTALMENTE HONESTO COMIGO e não me esconder mais nada, pois por incrível que pareça (ou não) eu sempre tive uma certa desconfiança de que ele continuava com o hábito de masturbar-se, eu acabava descobrindo, ficava muito grilada com os horários dele online na internet... às vezes eu acordava e ia falar com ele já sabendo que ele tinha batido uma punheta. Talvez não fosse esse o caso, mas sentia que tinha alguma coisa oculta. Algo errado... não sei explicar.

Enfim, neste momento estou me sentindo feliz por poder passar por isso com ele (feliz por ele, pois ele não está sozinho) e espero que este problema acabe por fortalecer nossa união...

ninguém

Mensagens : 9
Reputação : 1
Data de inscrição : 28/04/2015
Localização : DF

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação / Breve relato

Mensagem  A Namorada [INATIVO] em Ter Abr 28, 2015 11:14 pm

luhps escreveu:A Namorada,

Nossa, também fiquei empolgada ao encontrar outra mulher neste fórum! =)
Aliás, me encorajei a cadastrar-me por sua causa! rsrsrs
Fico feliz que seu namorado esteja levando a sério, desejo toda a força do mundo pra vocês! Espero que superem juntos esse problema e sejam felizes...

Também me sinto como você relatou na sua apresentação, apesar de ser atraente e não ter histórico de problemas referentes a sexo e conseguir parceiros, tenho lá minhas inseguranças (que acentuaram-se depois que meu namorado me contou sobre a masturbação, a pornografia e o remédio) - isso foi há poucos dias.

Hoje mesmo, fiquei a maior parte do dia deitada na cama, sem vontade de fazer coisa alguma. Não comi, não tirei o pijama, chorei algumas vezes, fiquei só no celular lendo e pesquisando sobre o vício em pornografia, sobre o reboot, e quanto mais eu pesquisava, mais deprê eu ia ficando, confusa, insegura, com medo... É meio desesperador saber que teu namorado tem esse problema e sofre por causa disso, a última coisa que quero é vê-lo sofrer.

No meio desse emaranhado de sentimentos, entram minhas inseguranças e traumas também, de relacionamentos passados. Me questionei se valia à pena (mas agora estou um pouco mais segura a respeito disso). Conversei com meu namorado no final da tarde. Disse pra ele que eu tava muito triste, e conversamos a respeito disso. Isso me deixou mais aliviada, ele tá disposto a corrigir isso e tem todo o meu apoio, mas pra isso, ele deve ser TOTALMENTE HONESTO COMIGO e não me esconder mais nada, pois por incrível que pareça (ou não) eu sempre tive uma certa desconfiança de que ele continuava com o hábito de masturbar-se, eu acabava descobrindo, ficava muito grilada com os horários dele online na internet... às vezes eu acordava e ia falar com ele já sabendo que ele tinha batido uma punheta. Talvez não fosse esse o caso, mas sentia que tinha alguma coisa oculta. Algo errado... não sei explicar.

Enfim, neste momento estou me sentindo feliz por poder passar por isso com ele (feliz por ele, pois ele não está sozinho) e espero que este problema acabe por fortalecer nossa união...


Very Happy Que bom! Estou super animada com o que podemos dividir.

Nem me fale, quando eu liguei os pontos, (pq eu tive que descobrir sozinha) eu chorei por 3 dias, não comi quase nada,  não dormi, esse problema ocupava minha mente quase 100% do tempo e até bati o carro pela primeira vez em 5 anos de carteira.

A princípio eu senti raiva, pq n precisava ter passado por isso se ele tivesse sido honesto e me contado desde o início. Ele até falou a respeito, mas como se fosse uma coisa do passado, que ele fazia no início da faculdade, quando morava com a irmã dele. (A primeira desilusão foi sobre os remédios e a segunda agora foi ele ter me escondido a PMO e algumas de suas consequências.). Depois eu senti compaixão, pela vergonha que ele sentia e pelo sofrimento que isso causou a ele tb.

A primeira ação após ele ter contado dos remédios, ainda no início do namoro, foi tentar excita-lo, (que inocência a minha), dentre várias coisas, fiz um strip-tease que deixava meu ex maluco, e no final, ele nem quis transar comigo, disse que estava esfolado por uma outra relação que tivemos. Isso fez sentir-me um LIXO. Caramba, o que teria mudado tanto em mim afinal que não conseguia mais excitar um homem?

Depois de várias tentativas, comecei a deixar pra lá. E minha auto estima foi no chão. Até que resolvi pedir por um relacionamento aberto, e quando me relacionava com outras pessoas, sentia-me desejada, e isso me fazia muito bem. Acabei me envolvendo com um cara da universidade, e foi muito bom, pq ele me desejava, e muito! Transamos até no banheiro da universidade, pois com tanto tesão, não podíamos esperar, matamos aula e foi por lá mesmo. Nisso minha auto estima voltou ao normal.

Mas vi o tanto que o meu namorado sofreu com isso, então, pensei que não valia a pena, pq amo muito ele, e n quero lhe fazer mau. Afundei-me nos estudos e no trabalho, assim tb n precisava me preocupar com sexo, estava sempre muito cansada para isso mesmo. Comecei a apresentar distúrbios que nunca havia tido, eu que sempre fui "taradinha", vi a minha libido cair completamente por ele, e o momento de fazer sexo, se tornou um momento de ansiedade e dor para mim. Perdi minha vaidade, havia deixado de me arrumar, passei a ir pra aula de cabelo preso, roupas largas, calça jeans e cara lavada, parece que eu queria parecer invisível, o que tb n colaborava com minha auto estima.

Agora que descobri tudo sei que a culpa n é minha (mesmo que racionalmente já soubesse disso antes, emocionalmente eu me sentia responsável pelo fracasso da nossa vida sexual),  libertei-me desse peso, minha auto estima melhorou, e muito. Uma mudança expressiva na ultima semana, voltei a me arrumar pra sair, desenterrei minhas roupas bonitas do armário. Houve mudança até nos assédios de homens, que voltaram a me ligar e me chamar pra sair.

Eu detalhei o que aconteceu comigo como um alerta, para que vc NÃO PERMITA que aconteça com vc tb, pq me causou muito sofrimento.

Eu estou avaliando as mudanças no meu namorado, que têm sido bem promissoras. Eu o amo muito, e quero ficar bem com ele, espero que ele se livre desse vício e possa ter uma vida normal. Mas eu amo mais a mim mesma, e se ele não cumprir o reboot, não vou mais me permitir sofrer por isso.

Bem mocinha, espero ter ajudado.

Espero que dê tudo certo pra vc!

Grande abraço! cheers
avatar
A Namorada [INATIVO]

Mensagens : 43
Reputação : 2
Data de inscrição : 19/04/2015
Localização : BH

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação / Breve relato

Mensagem  Magrao em Ter Abr 28, 2015 11:44 pm

Vocês realmente amam seus namorados, pois seria muito mais fácil tê-los descartado do que buscar uma solução para seus sofrimentos.

Uma coisa que eu gostaria de ressaltar. O vício não é um problema moral. Ninguém escolhe ser viciado; é algo que entra em nossa vida sem percebermos. E tem o fato de que em grande parte das vezes a pessoa não sabe que é viciada, não imputa à pornografia a origem do lento e silencioso decaimento de sua vida. Isso é foda. Não há informação. Há, ao contrário, uma idéia de que a pornografia e a masturbação seriam boas, estariam associadas ao auto-conhecimento, a apimentar o relacionamento, etc. Então fica muito difícil suspeitar da santinha da pornografia rsrrs

Aliás, a molecada cada vez mais cedo começa a consumir pornografia. Isso que o consumo de porno na adolescência tem um fator agravante: a enorme plasticidade do cérebro do adolescente. Não é por acaso que a minha geração (pessoal em torno de 29 anos) é a que mais frequenta os fóruns de viciados, pois foi a que descobriu a sexualidade através de uma sexualidade artificial na adolescência: a pornografia infinita trazida pela internet. Nossa geração é a que se enforcou na corda da liberdade que a internet trouxe. Mas em breve seremos superados pela nova geração. Pois na minha adolescência não tinha pornografia disponível a um clique no celular como tem hoje. A pornografia ainda vai vitimar muita gente e muitos relacionamentos até que a sociedade esteja consciente do seu potencial viciante e portanto destruidor de vidas.

_________________

avatar
Magrao

Mensagens : 328
Reputação : 62
Data de inscrição : 02/03/2014

Ver perfil do usuário http://www.vivasempornografia.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Apresentação / Breve relato

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum