As fases do vício

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As fases do vício

Mensagem  Admin em Sex Mar 07, 2014 1:00 am

O objetivo deste tópico é servir de alerta para os mais leigos no assunto pois infelizmente esse vício não é muito conhecido pelo pessoal, principalmente no Brasil creio eu, é difícil encontrar alguma informação sobre esse assunto em português e em alguns casos quando você encontra alguém falando sobre isso o que mais aparecem são comentários dizendo que isso não existe, que não causa disfunção erétil e etc, nas minhas pesquisas pela internet encontrei um relato de um cara que disse que leu uma vez essas informações e ele postou um comentário rindo por achar absurdo isso porém algum tempo depois ele estava viciado e com os sintomas que todos nós já conhecemos.

Esse é um vício muito silencioso, dificilmente você irá associar as coisas que estão acontecendo na sua vida a ele, eu mesmo estou a anos viciado e nunca desconfiei que isso tinha acontecido.

Gostaria que postassem coisas que vocês perceberam no decorrer desses anos que indicam que o vicio já estava ocorrendo, por mais que a maioria dos relatos tenham informações muito parecidas sempre terão casos onde aconteceu algo diferente, dessa será possível que os usuários identifiquem se já estão em alguma fase do vício. Aqui vai minha contribuição.

Acho que a primeira etapa é como tudo começa, é meio difícil dizer como isso começa na vida de cada um, se você é um cara muito solitário, tímido ou com muitos problemas existe uma grande probabilidade do porno ser uma válvula de escape, a ausência de uma mulher pode fazer você recorrer a isso pra liberar essa energia acumulada, acho que o ideal aqui seria evitar ao máximo recorrer a pornografia pra compensar essas coisas porque pra viciar é muito rápido, quando você vê já está no meio de uma rotina porno com dias programados pra acessar sites, acessos com muita frequência, deixar de sair pra ver pornografia, aproveitar sempre as oportunidades que estiver sozinho em casa pra acessar.

_________________
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 111
Reputação : 19
Data de inscrição : 24/02/2014

Ver perfil do usuário http://apoio.forumais.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As fases do vício

Mensagem  Guilherme em Seg Abr 07, 2014 10:49 pm

Eu tenho 15 anos e desde pequenininho, sério mesmo, com 6 anos ou menos, se eu não me engano, eu me masturbo. Eu lembro que ficávamos eu, meu primo e meu irmão, todos mais velhos do que eu, no banheiro, se masturbando. E depois começou a pornografia. Mas eu nunca, até a uns 3 ou 4 anos atrás fui tímido; eu sempre fui um cara confiante e espontâneo. Mas se eu não me engano, a porta de entrada minha para o vício real, solitário e horroroso pra isso, foi quando eu sofri umas desilusões amorosas aí. Uma garota que eu namorava me deu um pé na bunda que eu não entendi direito. Aí a auto estima e a confiança abaixaram, comecei a ficar em casa, e deu nisso, pornô hardcore muitas vezes por semana. Mas agora, tomara, nunca mais.
avatar
Guilherme

Mensagens : 127
Reputação : 26
Data de inscrição : 07/04/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As fases do vício

Mensagem  Thiago033 em Seg Maio 12, 2014 11:53 pm

Meu irmão, você não está sozinho nessa!

Também apresento todos os sintomas de um viciado mesmo caindo "apenas" 2 vezes por semana.

Eu não achava que tantos problemas envolviam esse vício, e quero me livrar de todos eles!!

Vou continuar participando aqui do fórum, e espero chegar logo ao dia 100 para ajudar a muitos.


Thiago033
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As fases do vício

Mensagem  new em Qui Jul 10, 2014 12:42 pm

Olhando para trás vejo que tudo que eu era, era em razão do meu vídeo. Eu era ignorante, não deixava ninguém tocar no computador, ficava sempre isolado e nunca sairia para reuniões familiares, brigava frequentemente com minha família, vezes por não querer que eles mexessem, vezes por não querer fazer coisas em casa por querer ficar o dia inteiro na internet... enfim, há pouco tempo atrás fiquei bravo com meu irmão, que entrou no quarto e começou a ler, enquanto eu buscava privacidade para me masturbar. Me arrependo amargamente, e vejo que magoei muito minha família, mas agora estou correndo atrás do prejuízo com todos. Meu único alento é que em consequência disso, devo ter aberto caminho para meus irmãos não ficarem também viciados em pornografia, porque realmente, é muito fácil e irresistível cair nessa armadilha, mas apenas isso.

Gostaria de voltar no tempo, mas como não posso, a única coisa que posso fazer é me curar e ajudar ao máximo pessoas que estão se viciando, principalmente conhecidos.

avatar
new

Mensagens : 201
Reputação : 22
Data de inscrição : 07/07/2014
Idade : 29
Localização : são Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

As fases que percebo

Mensagem  CesarA em Qua Jul 30, 2014 9:43 pm

Sempre fui muito tímido. Hoje tenho 33. Por volta dos 12/13 anos comecei a me masturbar. Na época já gostava de pornografia e sempre que possível, buscava revistas, filmes (Sexta-sex da Bandeirantes era "de lei"), etc.
Mas com a internet a coisa ficou muito exagerada ... Hoje, olhando para trás, vejo que eu perdi todas as principais características que tinha: ânimo, criatividade, autoestima, raça, etc. Vejo um problema e sei que poderia resolvê-lo em algumas horas, mas por algum motivo fico postergando, procrastinando, e navegando a esmo na internet. Até que caio em site e PMO ...
Não me reconhecia, e esta foi a fase mais confusa para mim. Me perguntava: "onde está sua força, sua garra?" Não achava respostas, me isolava, e mais uma vez caia na PMO ... Meu relacionamento com minha esposa (sim, sou casado) se transformou em um caos. Não sentia mais desejo por ela. Cheguei a ficar 4, 5 e até 6 meses sem sexo com ela. Ao mesmo tempo, vendo vídeos e me masturbando todos os dias, as vezes mais de uma vez ao dia.

Uma fase crítica, que começou a chamar minha atenção foi quando estávamos na sala, vendo TV e eu pegava o notebook para "trabalhar". Me sentava em uma posição que ela não podia ver a minha tela, e ai, com ela ao meu lado e na sala, abria uma guia anônima, deixava o notebook sem áudio e começava a ver pornografia. Esta fase foi um dos pontos críticos.

Ela e meus familiares diziam que eu estava viciado em INTERNET, que não sai de casa (ia pro trabalho e voltava pra casa apenas). De tanto ouvir isso, e de tanto sofrer sem me reconhecer, os problemas profissionais, familiares e de saúde começaram a se acumular. Foi quando eu me questionei ... será que não estou viciado em pornografia???? Por vezes, tinha que enviar algum documento de trabalho e mesmo com tempo suficiente para escrever ficava vendo porno, mesmo "sem vontade".

Nesta fase encontrei materiais sobre PMO e este vício.

Hoje tenho 47 dias sem PMO. Apenas com sexo real com minha esposa. Só neste período curto, posso dizer que minha relação mudou da água para o vinho ... estou mais confiante, atencioso com minha família, e o que é mais importante, feliz.

Se Deus quiser, vou avançar ainda mais. Força para todos nós!

CesarA
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As fases do vício

Mensagem  GDB em Seg Maio 04, 2015 10:55 pm

comigo aconteceu o seguinte:

sempre fui tímido, nunca gostei de comparecer em eventos, "fazer social"...   minha pira foi sempre jogos eletrônicos com meus amigos (outro vício que me recuperei, rsrs)

entretanto, ali pelas fase dos 13, 14 anos,  bateu aquela libido alta,  aquela vontade de trepar,  pensar em sexo constantemente, fica olhando e desejando as mulheres que passavam na rua..

bom, lembro que aos 13 anos, perguntaram no colégio se eu "batia punheta". Falei que não  e  fui motivo de piada para variar.  Comecei entao a entrar no mundo da pornografia por curiosidade e, claro, acabei gostando.

então, com toda aquela energia sexual acumulada, eu comecei a descarregá-la diariamente nos porns. 

e porra, eu pensava estar fazendo o certo,  eu tinha uma justificativa racional para me masturbar:  "vou me aliviar agora  para parar de ficar pensando em mulher e em trepar o tempo  todo. Vou suprir minhas necessidades fisiológicas  de sexo  para ficar mais calmo e levar a vida mais tranquilamente"

inclusive,  eu tive "aulas de educação  sexual" no colégio, aos 14 anos,  e os palestrantes incentivavam a prática da masturbação e pornografia, dizendo que isso era "normal",  que era uma forma de descobrir seu próprio corpo e que não haviam colaterais. 


o fato é que isso se tornou um vício, e eu nao percebi. Posteriormente, aos 18 ou 19 anos, eu tentei parar, pois estava meio demais, era todo dia,  eu deixava de fazer coisas para ver sites de PMO..  mas eu nao estava tão determinado assim e acabei desistindo de tentar parar...  afinal  para que parar, se até onde eu sabia só fazia bem?

ah sim, falta de disposição, procrastinação,  preguiça, extrema ansiedade (comecei até comprar alguns calmantes),  tudo isso surgiu nesse período,  mas eu jamais imaginaria que isso teria alguma relação com a pronografia..


eu fui acordar pra vida agora mesmo, quando por diversas vezes tentei comer algumas mulheres e nao consegui, não senti atração. No começo coloquei a culpa na  mulher, mas depois tentei sexo com algumas bem mais atraentes e gostosas,  e continuei sem vontade. Eu percebi que só atingia excitação nos porns.

desesperado por ter 20 e simplesmente nao conseguir gozar nas mulheres,  comecei a googlar,  e, por sorte, encontrei  esse fórum  e o material do gary.

agora está pra fazer quase uma semana  que estou sem PMO (ta, parece pouco, mas nos ultimos 8 anos isso é um tempo inédito pra mim), e já estou sentindo diferenças bastante positivas.

posteriormente farei um post sobre as dificuldades que tenho enfrentado  e as melhorias que estou sentindo.

GDB

Mensagens : 5
Reputação : 0
Data de inscrição : 01/05/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As fases do vício

Mensagem  vasconcellosand em Qui Maio 07, 2015 7:49 am

^^ Meu vício começou da mesma forma, lá pelos 13~14 anos.

A gente é induzido por crianças da mesma idade dizendo "nossa vc nunca se masturbou haha" e achamos que aquilo nos fará mais homem, mais "pegador".

Só que aí o vício nos prende num mundinho paralelo. Você perde a auto-estima de tentar com qualquer garota que seja, ao passo q vc se acaba em PMO nas horas que você não tem nada a fazer.

Em suma: é como querer pular etapas. Perder a vontade de querer ficar para conseguir uns beijos e amassos, para sempre tentar vendo 'segundas intenções'.

Aí a cada frustração amorosa você recorre a internet. Ou a pornografia de fato ou a ficar vendo fotos mais ousadas ou mais bonitas das meninas que você conhece pessoalmente ou admira.

Hoje me sinto numa situação de impotência, não sexual nem erétil, mas de relacionamento amoroso. 21 anos de idade, porém sem um relacionamento sério que tenha durado mais de uma semana e numa incapacidade de tentar com meninas que eu considere mais bonitas. Aos poucos você se desvaloriza, acha que não tem capacidade para sair com ninguém, nem conseguir uma amizade legal, tampouco ficar com alguma garota.
avatar
vasconcellosand

Mensagens : 20
Reputação : 0
Data de inscrição : 20/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

R: Fases do vício

Mensagem  Pollinekes em Seg Maio 30, 2016 3:29 pm

Bem, já que o intuito aqui é identificarmos as fases do vício...

No início, quase sempre, o usuário adentra no mundo da pornografia por curiosidade e, é claro, instinto natural (busca natural por sexo).
Logo vem a vontade de masturbação, aquela sensação até então estranha passa a ser uma de nossas preferidas.
Com o tempo, a curiosidade aumenta, daí inicia-se realmente a jornada no mundo da pornografia.

Primeiro com o sexo com conjunção carnal (um homem e uma mulher). Passado o tempo, o usuário percebe que aquilo já não tem tanta graça quanto antes, aí começa procura por outros tipos de pornografia. Uma nova posição, uma nova cena, uma nova categoria.
Passado o tempo, ocorre o chamado escalonamento, e o usuário necessita de cada vez mais estímulos para obter uma excitação. Em outras palavras, necessita de uma descarga muito maior de dopamina.

Como consequência do escalonamento, ocorre a dessensibilização, o sexo real parece não ter mais tanta graça quanto PMO. Aqui podem surgir problemas com DE, EP, ER etc.

A fuga, vem logo em seguida. Você já não tem mais sessões de PMO apenas por prazer, mas aquilo parece te aliviar, você parece fugir um pouco da realidade cruel a cada vez que assiste P e se masturba.
Porém, já está na fase da negação e nem sequer se deu conta.

Por fim, o que precisamos para chegar aqui e procurar por ajuda é passar pela fase de aceitação. Aceitarmos que temos um vício que gerou diversas consequências negativas na nossa vida, e assim, buscar ajuda.

Pollinekes
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As fases do vício

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum