UM relato de uma experência

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

UM relato de uma experência

Mensagem  ozf em Dom Set 21, 2014 9:25 pm

Boa noite pessoal e ai?

Gostaria de compartilhar um momento que vivenciei nesse final de semana, se não for o lugar adequado por favor peço a moderação que coloque no lugar certo.

Pois bem, nesse final de semana passei na casa de um amigo meu, em uma cidade que fica a 120km da minha. Ocorre que esse amigo meu acabou fazendo um curso e ficava boa parte do dia fora.

Nessa cidade também eu estou engraçado com uma menina, não é nada sério e nem fixo (isso se deve por uma série de fatores que nos fazem perder a comunicação, mas apesar de tudo gostamos um do outro), ela é muito mais uma amiga nesses dias.

coincidiu dela trabalhar perto do apto do meu amigo, e ela acabou passando lá no almoço dela.

Daí ficamos, no primeiro dia (sábado) somente nos beijamos. Mas eu acabei inexplicavelmente ejaculando, não havia esfregação ou alguma forma de masturbação, tampouco eu me fantasiei com o momento (eu não consigo me fantasiar com uma garota comigo) simplesmente ocorreu, por isso achei que não deveria zerar meu contador.

Ocorre que no dia de hoje ela resolveu dar um pulo no apto de meu amigo, e ele não estava lá, somente eu e ela. Então rolou, fizemos sexo.

O ponto onde quero chegar é aqui.

Foi minha primeira vez (perdi a virgindade hoje), então o fator nervosismo pode ter ajudado, ela tb estava nervosa e foi bem compreensiva, mas eu tive uma dificuldade enorme de ficar excitado, na hora pensei na DE e no vício.

Outro ponto que gostaria destacar (e esse é o motivo da criação do tópico), por ser a primeira vez, eu acho que esperava algo mais, acho que a pornografia acabou afetando esse ponto de meu cérebro, por vezes dava pra se pensar que era mais "compensador" a masturbação ou que eu poderia ter uma transa épica...mas também sei me colocar no meu lugar como nunca tinha tido uma experiencia do tipo não achei que era para me encucar, mas nesse momento acabou me levando a reflexão.


Li no livro que as pessoas preferem em seus vícios se masturbar a fazer sexo com um parceiro, em um momento de minha relação hoje (mesmo que tenha sido breve) rolou esse pensamento

além de compartilhar o relato, algum de vocês teve certa dificuldade no ponto de "esperar menos" do sexo e preferir a masturbação??

ou é só pensamento de um recém ex virgem?
avatar
ozf

Mensagens : 87
Reputação : 1
Data de inscrição : 29/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  Sadmanf.20anos em Ter Set 23, 2014 10:55 am

Cara na minha primeira vez rolo isso tbm , acho q são muitos os pensamentos de n falhar de meter bem , nós q somos viciados tem a pressão da DE e do vicio normal larga a PMO de vez e vai tentando com as parceira reais mas com as que realmente vale a pena abraços

Sadmanf.20anos

Mensagens : 92
Reputação : 4
Data de inscrição : 26/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  anonimo0 em Ter Set 23, 2014 3:05 pm

qd se faz a primeira vez agente sempre espera q algo de outro mundo, é normal esse pensamento, mas com a pratica vai melhorando, o meu problema foi q eu terminei meu namoro onde tinha sexo satisfatorio e aí entrei nesse vicio maldito de PMO e qd fui transar com outras tive DE

mas se vc conseguiu ereçao logo de primeira msmo nervoso, entao ta normal

mas pode ter sido tambem o fato de vc ter gozado um dia antes, talvez se vc tivesse varios dias sem gozar teria sido mais prazeroso (pode ser isso)

anonimo0
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  Tony Stark em Qui Jan 15, 2015 2:15 pm

Na minha primeira vez, não tive problemas mas eu me decepcionei por achar que seria uma transa épica e foi algo "normal". Com o tempo, com a experiência fui experimentando formas melhores de aumentar a excitação durante a relação sexual. Isso vem com o tempo mesmo. Mas é fato que o PMO prejudica pois acabamos fantasiando as coisas que vemos nos videos e sabemos que tudo aquilo lá é fake.

Entendo como relação sexual ideal, a vez que fiquei com uma menina e passamos o dia todo na cama. Não necessariamente fizemos sexo com penetração o tempo todo mas ficamos nos curtindo. Deixamos o pudor de lado e faziamos as coisas quando dava na nossa telha. As partes com penetração foram ótimas mas vimos que foi apenas uma conclusão de momentos ótimos que tivemos.

Relaxa que tudo vai dar certo. Estou nessa luta do reboot também e quero voltar a ter experiências como essa que te falei.
avatar
Tony Stark

Mensagens : 27
Reputação : 1
Data de inscrição : 14/01/2015
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  Vash em Qui Jan 15, 2015 5:09 pm

A primeira vez pode até ser inesquecível, mas não é nem de longe mágica ou a melhor. Na minha primeira vez eu quase não consegui gozar, fiquei quase uma hora pra terminar. Depois, conversando com uns amigos descobri que isso é normal. Nosso pênis tá tão acostumado a ser estrangulado até chegar ao orgasmo que quando a gente tem uma relação com uma mulher não parece tão bom assim. Então, em relação a isso, pode ficar tranquilo porque a tendência é sempre melhorar (longe do vício em PMO, claro).

Em relação a gostar menos do sexo do que masturbação, isso acontece com várias pessoas aqui, pois é assim que o vício funciona. Já tive ocasiões em que sabia que ia fazer sexo com minha namorada e pensava: "ah não, hoje queria me masturbar vendo filme pornô, mas tenho que mostrar serviço neh Neutral

Olha o ponto em que eu cheguei. Quando eu era virgem e me masturbava o tempo todo, queria por tudo arranjar uma mulher para fazer sexo de verdade. E quando eu consegui uma ficava querendo voltar a fazer sexo virtual.

O que eu te digo é: a primeira vez nem sempre é bom. Aliás, a minha foi uma bosta. A gente fica nervoso, acha que o "bilosvaldo" não vai subir, fica pensando se a mulher vai perceber que a gente é virgem, erra o buraco e tem certeza que ela percebeu que é virgem e por aí vai.

Fique o mais longe possível de pornografia, pois tudo aquilo é falso. Da próxima vez tenha em mente duas coisas, que você vai se divertir com o sexo e que sua parceira também tem que gostar.
avatar
Vash

Mensagens : 20
Reputação : 0
Data de inscrição : 09/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  joelhuay em Qui Jan 15, 2015 11:12 pm

Na minha primeira vez logo de cara peguei uma prostituta daquelas bem cavalas,e o resultado foi que fiquei a semana inteira de pau vermelho e todo dolorido kkk foi uito estranho...
avatar
joelhuay

Mensagens : 230
Reputação : 21
Data de inscrição : 03/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  new em Sex Jan 16, 2015 7:46 am

Mas na época você tinha completado os 90 dias?

Eu tento ver sempre os 90 dias, como o início da recuperação do cérebro em relação à DE e aos malefícios do abuso de PMO. Estar 100%, estima-se que demore de 3 a 6 meses, ou seja, 180 dias. Em 180 dias o meu cérebro vai estar OK contra as consequências do vício, não do vício em si.

O vício nunca vai sarar, vai amenizar, claro, mas aí é um trabalho interno que cada pessoa o faz da sua maneira. Cada um tem um jeito de lidar com o vício.

O PMO faz isso, mesmo. Você vê a menina pelada na sua frente e pensa, "é isso?!". Tenta, tenta, não conseque, porque o PMO parece bem mais atraente e divertido, embora seja apenas uma ilusão: nada no PMO é verdadeiro. São pixels, são encenações.
avatar
new

Mensagens : 201
Reputação : 22
Data de inscrição : 07/07/2014
Idade : 29
Localização : são Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  Lost-Spirit em Sex Jan 16, 2015 7:27 pm

Estava pensando um dia desses enquanto pilotava , se você está correndo a por exemplo 110Km/h você acha o "máximo", quando você volta pra 60 acha sem graça demais, mas após alguns minutos você já acha 60 Km rápido entende? eu também broxei com uma menina gata e fico pensando nisso o tempo todo, depois desse episódio estou evitando encontros, como o new disse, concordo com ele, o ideal MESMO pra ficar totalmente curado seria cerca de 180/200 dias, mas olhando assim tão distante parece ser uma meta quase impossível de ser alcançada, infelizmente somos viciados...
avatar
Lost-Spirit

Mensagens : 21
Reputação : 0
Data de inscrição : 19/11/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UM relato de uma experência

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum