Relato de uma vida destruida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Relato de uma vida destruida

Mensagem  projeto renascimento em Seg Set 15, 2014 2:19 pm

Começou assim...

Aos 8 anos de idade eu era um menininho tímido e inseguro que estava descobrindo o tesão. Eu ficava "comendo" o meu travesseiro e me sentia muito excitado. Um dia eu vi uma revista em quadrinhos da marvel. Talvez fosse dos X-men não lembro. Comecei a folhear o gibi e me deparei com uma personagem maravilhosa vestida com um traje apertado, comecei a mover a pele do meu pênis até sentir uma sensação estranha e prazerosa que eu nunca havia sentido antes. Aquele foi o inicio do fim.

Depois daquela primeira vez com gibi passei a me masturbar mais e mais. O tempo foi passando e meus coleguinhas da escola sempre beijavam as meninas, eu não fazia aquilo, eu tinha muita vergonha e medo. Eu era um menino feio e desengonçado, muita gente tirava sarro de mim. O bulling me deixava cada dia mais inseguro e sozinho. Perdi as contas de quantas vezes eu ja cheguei atrasado na escola por que estava me masturbando antes de sair.

Eu com 10 anos de idade
Eu não tinha coragem suficiente para conversar com as garotas, isso era estranho, eu era muito travado. Eu liberava os meus desejos com a mão, não que um garoto de 10 anos fosse transar, mas pelo menos dar selinhos nas garotas era natural.

O bulling havia começado muito cedo na minha vida , desde os meus 6 anos sofria humilhações. Não sei se eu comecei a usar a masturbação para escapar da vida ou simplesmente me masturbava por prazer. Talvez fosse a soma das duas coisas que me levou ao vicio.

Eu com 13 anos de idade.
Na escola cada vez mais a mulecada pegava as minas e eu nada, absolutamente nada. Eu tinha um puta medo de não saber beijar. medo de que me zoassem mais ainda por causa disso. Eu me masturbava horas e horas, sempre inventava novas fantasias na minha mente, pois naquela época eu não tinha acesso a internet, nem sabia o q era internet, só havia revistinhas porno. As vezes eu me masturba junto com meu primo. Era como se o objetivo da minha vida fosse a punheta.

Mesmo assim eu sonhava em ter uma namoradinha carinhosa, mas eu nao conseguia quebrar minha casca de insegurança, até as meninas me zoavam na escola, eu tinha uma coleção de apelidos. Conforme o tempo prosseguia eu tinha acesso a cada vez mais revistas porno, e depois chegaram os DVds. Os dvds eram uma iniovação. Meu vicio ja era forte naquela época (14 anos).

Eu ia nos camelôs e comprava dvd porno pirata assim alimentava meu vicio. Fui beijar pela primeira vez soh com 17 anos, e assim tremendo de nervosismo. depois de beijar uma periguete da rua eu tive coragem o suficiente para ficar com uma branquinha gostosa. Naquela época eu já era um cara mais estiloso e mais descolado, ja não era tao travado. Essa branquinha tava traindo o namorado dela comigo e ela estava doida pra q eu comesse ela.

Mas quando eu ficava com ela apesar de ser bom minhas ereções não duravam muito, era como se faltasse algo, eu achava que aquilo acontecia por causa do nervosismo.

Hoje tenho 23 anos, sou virgem. Perdi todas as minhas oportunidades de fazer sexo por causa de disfunção erétil induzida por masturbação e pornografia, Só recentemente eu descobri o método reboot. Fico muito feliz em ter descoberto isso e estou lutando para largar o vicio.

Eu ja perdi uma namorada maravilhosa por causa disso, eu cheguei a fazer oral nela, mas não tive ereção, eu só tenho ereção com masturbação e porno. Não que ela se importasse com sexo, afinal ela era virgem, mas eu que ficava inseguro e frustrado com a minha disfunção, ai eu sabotei o relacionamento e me arrependi amargamente disso.

Antes eu não sabia que minha disfunção era provocada por punheta, eu achava que era problema psicológico, achava que era o nervosismo ou qualquer outra coisa. Eu poderia ter comido duas garotas juntas, um menage, depois de uma festa, mas eu não consegui, eu falhei.

Um tempo atrás meu vicio se multiplicou, porque? por que descobri a internet, eu ia na lan house e baixava muitos videos porno pra ver no celular. depois fui ter minha própria internet. Eu via todos os tipos de porno, desde o normal até o transsexual, zoofilia, bissexual, bizarro e etc. Mas o vicio começou com pornô hetero comum, meus gostos foram se modificando com o passar do tempo. Eu via videos cada vez mais bizarros (isso quando eu tinha 19 anos).

Tudo o que eu quero é ter uma vida normal, tenho uma bela namoradinha, namoramos ha um mês, eu nao consegui fazer sexo com ela ainda, estou fazendo reboot, mas tive uma recaída hoje (15/09/2014). Estou recomeçando do zero o meu reboot hoje. Eu tinha ficado quase um mês sem me masturbar ai tive uma recaída na semana passada e outra hoje. Bloqueei a pornografia da minha internet, agora preciso de forças para prosseguir.

Minha vida amorosa foi sempre uma merda por causa desse vicio. Eu achava que a punheta era normal e saudável. Muitos sexólogos recomendam. Hoje eu sei que a masturbação é um mal, ela é algo antinatural e tem o poder de condicionar o seu cérebro. Se eu pudesse voltar no tempo nunca teria começado com a punheta, arruinou muitos anos da minha vida.

Eu não sabia que eu era viciado, até tentar parar. Quando tentei fazer reboot antes da recaída descobri o quão dependente da masturbação eu sou, é realmente como uma droga muito poderosa. Nas recaídas era como se o cérebro estivesse em chamas e eu ficasse cego para tudo ao redor, é como se ativasse uma força muito grande que me domina, como se sussurrasse em meu ouvido: "Só mais uma vez, só um pouquinho de prazer solitário, há milhões de sites pornôs a explorar, milhares de fetiches...". E mesmo pensando no meu relacionamento com minha namorada eu recaí. Agora estou com medo de que ela comece a achar estranho a gente não ter feito sexo ainda.

Preciso de no minimo uns 90 dias de reboot pois eu comecei a punheta aos 8 e agora tenho 23 anos. Foram muitos anos de vicio, preciso restaurar meu cérebro e estou com medo de contar a minha doce namorada. A vida tem sido difícil, eu vou superar, a vida é curta e não há tempo a perder.

Espero que eu tenha inspirado alguém com o meu relato. Vamos nos recuperar dos males que a sociedade nos proporcionou. Bloqueiem a internet de vocês, não deixem o vicio tomar conta. A vida é curta... Não quero mais desperdiça-la sentado em uma cadeira com a mão no pênis... Não quero mais ficar sozinho... Lutem! lutem! Vamos todos lutar por uma vida melhor!
avatar
projeto renascimento

Mensagens : 98
Reputação : 3
Data de inscrição : 15/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato de uma vida destruida

Mensagem  Magrao em Seg Set 15, 2014 9:54 pm

Bem-vindo! Que bom que você descobriu o que te aflige. Eu levei anos para saber que era viciado em pornografia também.

E assim, é bom ficar claro: a pornografia é o mais grave de tudo, embora eu também não ache a masturbação saudável e esta seja minha maior dificuldade.

Os gibis com mulheres peitudas etc etc são pornografia. Só não é "visto" como pornografia pela nossa sociedade porque já estamos tão afundados em coisas mais pesadas, que achamos isso "inocente".

Eu acho a masturbação algo ruim, não acho saudável. Mas a pornografia é muito mais grave.
avatar
Magrao

Mensagens : 328
Reputação : 62
Data de inscrição : 02/03/2014

Ver perfil do usuário http://www.vivasempornografia.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Eu também acho a masturbação prejudicial

Mensagem  projeto renascimento em Ter Set 16, 2014 8:52 am

Magrao escreveu:Bem-vindo! Que bom que você descobriu o que te aflige. Eu levei anos para saber que era viciado em pornografia também.

E assim, é bom ficar claro: a pornografia é o mais grave de tudo, embora eu também não ache a masturbação saudável e esta seja minha maior dificuldade.

Os gibis com mulheres peitudas etc etc são pornografia. Só não é "visto" como pornografia pela nossa sociedade porque já estamos tão afundados em coisas mais pesadas, que achamos isso "inocente".

Eu acho a masturbação algo ruim, não acho saudável. Mas a pornografia é muito mais grave.

Eu concordo que a pornografia causa mais males que a masturbação, mas também acho que a masturbação prejudica as pessoas, por que por muitos anos eu me masturbava usando a pura imaginação e muito viciado.

Uma vez aconteceu algo engraçado que me marcou muito. Meu pai havia comprado uma fita vhs pornografica quando eu era criança. Ai eu fui dar uma de joão sem braço e falei assim pra ele:" quando a gente vai assistir?" Ele respondeu assim:" A gente não! Isso aqui é de adulto!"
Eu fiquei chocado com a resposta por que eu não sabia que mal havia em ver o filme porno, logo eu que me masturbava quase o dia todo. Se meu pai soubesse explicar porque o pornô era proibido para menores de 18 anos em termos científicos e realistas eu teria entendido.

Isso prova que falta muita informação em nossa sociedade, as pessoas nos proíbem de algo mas não nos explicam por que. A própria censura dos filmes adultos não diz que aquilo prejudica o seu cérebro, ou seja, é proibido porque é considerado "imoral", não porque faz mal de verdade. Não explicam que aquilo condiciona o nosso cérebro. A verdade é que pouca gente sabe realmente disso.

Quanto aos quadrinhos eu acho que as mulheres muito saradas são realmente apelativas, mas se for analisar, os personagens masculinos são bem atléticos também, então não sei fazem isso com as heroínas pra vender mais ou se é só uma expressão artística. Eu acho que se a nossa sociedade tivesse o hábito de ensinar sobre sexo as crianças inclusive efeitos da pornografia e masturbação no cérebro, os casos de vícios seriam menos frequentes.

Pra você ter uma ideia de como o Brasil está mal nesse campo uma vez eu ouvi minha professora de CIÊNCIAS dizendo q masturbação era pecado, pecado é rabo dela. É preciso instruir as pessoas corretamente ao invés de tentar colocar medos irracionais na mente dos outros, dizer que é pecado desperta ainda mais curiosidade sobre algo, por que aí você fica se perguntando:" por que é pecado? Se é pecado deve ser bom".

Se alguém do fórum tem filhos eu recomendo que ensine os seus filhos sobre o assunto. Se eu tivesse sido instruído corretamente não entraria nessa.
avatar
projeto renascimento

Mensagens : 98
Reputação : 3
Data de inscrição : 15/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato de uma vida destruida

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum